Páginas

domingo, 27 de outubro de 2013

CARIOCAMENTE


De boa e na moral

ficaria amarradão

se na real tu fosse

naquela parada show

que desenrolei no estilo

de nós dois de patrão

tudo zero oitocentos

na festa do meu amigo...

Rola um lance sinistro

não sei o que acontece

quando tu tá perto parece

que todo dia é domingo.
 
 

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

FOI ASSIM


Também fiquei à deriva

do mel da tua saliva

e foi forte a vertigem

feito se todos os timbres

 
soassem o som do sim

pelas frestas dos ouvidos,

por entre as avenidas...

Te abri com minha língua.


Foi desamparo de alma:

aquela calma tremida.

Marlos Degani

Minha foto
Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Participa do grupo de poesia Desmaio Públiko em Nova Iguaçu. É jornalista, escreve crônicas periódicas no sítio do Baixada Fácil www.baixadafacil.com.br e lançou de seu primeiro livro de poemas chamado Sangue da Palavra em 2007 e um CD de poemas chamado MARLOS DEGANI - ATÉ AGORA em 2009, com a sua poesia completa (édita e inédita). Lançou em set/14 seu segundo volume de poemas chamado INTERNADO no formato e-book, já disponível nas melhores virtuais. Contato: marlosdegani@gmail.com