Páginas

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

ARAPUCA

Tua beleza vem de que lugar
(não do Olimpo, já que Afrodite
te jubilou dos céus, inconformada
com o alvoroço do teu desfile)?

Que lavanda perfuma a tua alma
(quem sabe aquela almiscarada
que borrifaste por todo o corpo
fios a pavio, dorso a dorso)?

Qual a estrela que te ilumina
(esta que te foca e me fascina
desde o instante arrebatado
quando ao longe te miro e te caço)?

Como escapo deste teu feitiço?
O que me prende ao mel do teu visgo?

Um comentário:

  1. que mulher é essa, hein poeta???? grandes versos...sou tua fã...

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário

Marlos Degani

Minha foto
Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Participa do grupo de poesia Desmaio Públiko em Nova Iguaçu. É jornalista, escreve crônicas periódicas no sítio do Baixada Fácil www.baixadafacil.com.br e lançou de seu primeiro livro de poemas chamado Sangue da Palavra em 2007 e um CD de poemas chamado MARLOS DEGANI - ATÉ AGORA em 2009, com a sua poesia completa (édita e inédita). Lançou em set/14 seu segundo volume de poemas chamado INTERNADO no formato e-book, já disponível nas melhores virtuais. Contato: marlosdegani@gmail.com