Páginas

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

ALGUMA RELATIVIDADE




Desejos amadurecidos
são escalas de ousadia
alçadas feito patamares
de sonhos cada vez mais cálidos

e cada vez mais inflamáveis,
uma simples complexidade,
cuja medida é a carne
alta do teu corpo, que, farto,

completo, todo me invade
em etéreas profundezas...
Pororoca. Alma. Fogueira
volúvel. Muita octanagem

que move o meu motor quente
na direção toda aguda
quase de reta, quase curva
suada e suavemente

disposta de linho na cama
quase vestida, quase nua
quase moça e quase puta.
Culpa: menor do que a sanha.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça o seu comentário

Marlos Degani

Minha foto
Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brazil
Participa do grupo de poesia Desmaio Públiko em Nova Iguaçu. É jornalista, escreve crônicas periódicas no sítio do Baixada Fácil www.baixadafacil.com.br e lançou de seu primeiro livro de poemas chamado Sangue da Palavra em 2007 e um CD de poemas chamado MARLOS DEGANI - ATÉ AGORA em 2009, com a sua poesia completa (édita e inédita). Lançou em set/14 seu segundo volume de poemas chamado INTERNADO no formato e-book, já disponível nas melhores virtuais. Contato: marlosdegani@gmail.com